Planejamento de obras –

 

 

05 Passos Aplicados pela BC na Elaboração e Acompanhamento do Planejamento de Obras:

 

Como qualquer outro negócio, planejar eficientemente uma obra é uma atividade que requer cuidados, pois depende de:

 

  1. Disponibilidade dos recursos: mão-de-obra, materiais e equipamentos;
  2. Logística;
  3. Intempéries;
  4. Equipe técnica para execução do projeto;
  5. Disciplina de todos os envolvidos;
  6. Boa comunicação.

 

E é claro toda a interação que haverá entre esses e outros inúmeros elementos participantes.

Planejamento de Obras
Planejamento de Obras

 

 

Como falamos em posts anteriores, o planejamento tem como premissa fundamental antever problemas evitando-se surpresas desagradáveis na hora de executar o projeto.

 

Monitorar e tomar as decisões necessárias para evitar os desvios são importantes para a qualidade final do produto, como também para o cumprimento do custo e do prazo de entrega.

 

Abaixo seguem alguns passos que são aplicados pela BC no momento em que ela elabora seus planejamentos executivos.

 

 

1º passo - Análise do escopo

 

O primeiro passo é a análise do escopo do projeto onde são estudados os seguintes itens:

 

  • Projetos e especificações;
  • Análise do orçamento;
  • Definição do gerente do projeto;
  • Levantamento dos possíveis riscos.

 

 

2º passo - Reunião Kick-off

 

Nesta reunião são discutidos os seguintes assuntos:

 

  • Definição dos marcos do projeto;
  • Definição do plano de ataque;
  • Definição do sequenciamento das atividades;
  • Levantamento dos prazos de entrega dos principais recursos;
  • Análise de risco do projeto.

 

Recomendamos que nessa reunião possam participar, além do gerente do projeto, algumas pessoas estratégicas para a execução do projeto para que todos possam discutir e envolver com as decisões táticas.

 

 

3º passo - Desenvolvimento da EAP e dimensionamento dos recursos

 

As principais etapas nesta fase são:

 

  • Desenvolvimento da Estrutura Analítica do Projeto (EAP) de acordo com o que foi discutido na reunião de Kick-off;
  • Detalhamento das predecessoras das atividades;
  • Dimensionamento das durações e equipes a partir dos índices previstos no orçamento;
  • Balanceamento dos recursos;
  • Verificação se as datas marcos do projeto foram cumpridas.

 

 

4º passo - Relatórios

 

Concluídos os passos anteriores, o passo agora é a elaboração dos relatórios do planejamento contendo:

 

  • Premissas adotadas no planejamento;
  • Plano de ataque;
  • Sequenciamento das atividades;
  • Programação das atividades de curto, médio e longo prazo;
  • Histograma de recursos;
  • Curva S;
  • Caminho crítico;
  • Cronograma de aquisição dos recursos;
  • Análise de risco.

 

É realizada uma reunião com o gerente do projeto e sua equipe para apresentação do planejamento.

 

 

5º passo - Acompanhamento

 

Periodicamente, o planejamento é atualizado e reprogramado tendo como referência o cumprimento do escopo estabelecido inicialmente.

 

Nesse momento são analisados os seguintes itens:

 

  • Medição das atividades executadas até a data de status;
  • Análise dos indicadores de desempenho: PPP, PPC, eficiência da mão-de-obra, desvio de prazo dentre outros;
  • Análise das restrições;
  • Reprogramação das atividades visando o cumprimento do escopo inicial;
  • Atualização da Curva S;
  • Atualização dos histogramas dos recursos;
  • Atualização do cronograma de aquisição;
  • Programação das atividades no curto, médio e longo prazo;

 

Apresentação e discussão dos resultados.

 

Canteiro de Obras x Planejamento
Canteiro de Obras x Planejamento

 

Obrigado!

 

Equipe BC Engenharia de Custos.

 

logomarca da BC Engenharia de Custos


©2017 BC Engenharia de Custos Ltda. - Todos os Direitos Reservados - CNPJ 11.293.236/0001-80 - Rua Nestor Sampaio, nº 140, Térreo - Bairro Luzia - CEP 49.045-000 - Aracaju / Sergipe - (79) 3243 6655.


Leave a Reply

Your email address will not be published.